Mariluz decreta luto oficial de três dias pela morte de moradores em acidente na PR-468


A Prefeitura de Mariluz decretou luto oficial de três dias (19, 20 e 21), pela morte dos ilustres munícipes, Tereza de Jesus Souza Pazinato, 43 anos e do casal Jhone dos Santos Oliveira, 28 e Juliana Antônia Aparecida Amadeu, 26 anos, bem como do seu filho natimorto, em um gravíssimo acidente entre um VW Gol e um Chevrolet Astra na PR-468 na noite de sexta-feira (18).

De acordo com o Decreto assinado pelo prefeito, Nilson Cardoso de Souza, a notícia da morte dos moradores foi recebida com imenso pesar por toda a população, causando uma grande comoção. Os extintos, tiveram intensa participação na vida pública social de Mariluz, deixando bons e louváveis exemplos.

Os três eram amigos. Tereza era bancária e deixou marido e três filhas, de 18, 15 e 11 anos. No momento do acidente ela conduzia o VW Gol sentido a Umuarama, onde iria visitar as filhas, que são estudantes. A bancária morreu na hora.

Jhone, que trabalhava em uma empresa de artefatos em Umuarama, retornava para casa, em uma propriedade rural, próxima ao Rio Goioerê. Ele foi retirado com vida das ferragens, entubado, mas morreu ao dar entrada no hospital.

Juliana, que estava grávida do terceiro filho, foi a Umuarama realizar exames de rotina e seguia no Astra com o marido. Socorristas do Samu realizaram um parto de emergência no local do acidente, mas o bebê, que tinha recebido o nome de Guilherme, morreu ao dar entrada na Maternidade Regional em Umuarama.

O casal deixou dois filhos, de 8 e 10 anos. O sepultamento das vítimas foi agendado para a manhã deste domingo (20), no Cemitério Municipal de Mariluz.

Durante os três dias de luto oficial, repartições públicas do município hastearão as bandeiras do Brasil, do Paraná e do município de Mariluz, à meio mastro.

Fonte:Obemdito

Site Portal Alto Paraíso PR

, ,