Pescador é detido em Xambrê e peixes são doados para entidade



A Polícia Ambiental de Umuarama realizou a prisão de um pescador com peixes fora da medida mínima. O homem foi abordado na rodovia PR-485, município de Xambrê. Os policiais viram um veículo com embarcação acoplada e resolveram realizar a abordagem. Foi constatado que os ocupantes retornavam de uma pescaria no Rio Paraná.

No ato da fiscalização, os policiais localizaram peixes de espécies nativas variadas, totalizando 18,5kg. Entre estes peixes estavam 11 Abotoados, que mediam entre 24 cm e 30 cm, ou seja, com tamanho inferior ao mínimo permitido para a captura, que é de 40 cm. Também havia outros dois peixes da mesma espécie transportados sem cabeça, o que é igualmente proibido.

Diante da constatação do crime, tipificado no Art. 34, inciso III, da Lei 9.605 de 1.998 (transportar espécimes provenientes da pesca proibida), os policiais realizaram a apreensão dos peixes e a condução do infrator preso (residente em Pérola) para a Delegacia de Umuarama.

A pena neste caso varia entre um e três anos detenção. O infrator também será autuado administrativamente (multado) pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

O nome do detido não foi divulgado pela Polícia Ambiental.

Após constatação de boas condições sanitárias para o consumo, realizada por profissional especializado, os peixes apreendidos foram doados para o Lar São Vicente de Paula, em Umuarama.

Fonte:Obemdito

Site Portal Alto Paraíso PR