Localizado corpo de jovem que despareceu no rio Goioerê


Foi localizado o corpo de Geovane Lima, 22 anos, que estava desparecido desde o último domingo (25). Ele teria ido até o rio Goioerê, em Mariluz, com amigos e familiares. As informações iniciais repassadas pelos colegas eram de que eles teriam dormiram e quando acordaram Geovane havia desparecido. Apenas alguns pertences estavam perto do rio.

O Corpo de Bombeiros de Umuarama iniciou as buscas ainda no domingo. O trabalho teve sequência na segunda-feira e nesta terça.

Informações preliminares, repassadas pelos bombeiros, são de que o corpo foi encontrado nas proximidades da Fazenda Cedro Alto, cerca de quatro quilômetros rio abaixo. O IML de Umuarama foi acionado.

Investigação

A investigação do caso está a cargo da Delegacia de Cruzeiro do Oeste. Segundo o investigador Percival Pretti, várias testemunhas foram ouvidas.

Conforme foi possível perceber nas oitivas, um grupo de pessoas (amigos e familiares) foi para a localidade onde o jovem despareceu ainda no sábado (24). Eles teriam ido construir uma cabana, para ser usada em eventuais pescarias, em uma propriedade do sogro de Geovane.

Dois dos integrantes do grupo foram ao local para pescar embarcados. Eles se afastaram até uma reentrância do rio Goioerê, que quase forma uma lagoa.

Geovane teria ficado com o restante das pessoas no espaço onde a construção era feita.

De acordo com o investigador, a hipótese é de que o rapaz tenha ido para o rio no domingo, sem que outros vissem, e possivelmente tenha sido levado pela correnteza.

Foi cogitada a possibilidade de o jovem ter sido vítima de um disparo de arma de fogo acidental. No entanto, apenas o laudo do IML apontará a causa da morte – se foi um crime ou por afogamento.

Site Portal Alto Paraíso PR