Polícia Ambiental de Umuarama fecha carvoaria sem licença, em Tapira


O Pelotão da Polícia Militar Ambiental de Umuarama fechou na manhã desta quinta-feira (25) uma carvoaria que funcionava ilegalmente dentro de uma propriedade rural em Tapira. Ao todo, nove fornos foram paralisados e 190 sacos de carvão foram apreendidos.

De acordo com a Polícia Ambiental, a carvoaria clandestina foi localizada durante atividade regular de fiscalização. Além de fornos de carvão vegetal em pleno funcionamento, os policiais encontraram grande quantidade de carvão pronta para comercialização.

Como o local não tinha a Licença de Operação para executar a atividade, descrita pelos agentes como altamente poluidora, os 150 sacos de seis quilos cada e 40 de quatro quilos cada, além de equipamentos para empacotamento e seleção, foram apreendidos.

Os fornos foram lacrados e a atividade está suspensa até que o órgão ambiental competente decida pela concessão ou não da licença. Uma pessoa foi notificada por atividade potencialmente poluidora sem autorização, conforme Art. 60 da Lei de Crimes Ambientais.

Fonte: Com informações da PMPR e odiário.com

Site Portal Alto Paraíso PR