Falta de energia elétrica mata mais de 27 mil frangos em Perobal


O avicultor Sérgio Pereira Manção, de Perobal, teve um grande prejuízo na tarde desta sexta-feira (08) com a morte de aproximadamente 27.500 frangos já prontos para o abate. A mortandade teria sido ocasionada pela falta de energia elétrica no seu aviário por várias horas.

Segundo Manção, o fornecimento de energia foi interrompido por volta das 14h, sem aviso prévio por parte da Copel e retornou por volta das 20h.

Como ainda não possui gerador próprio, logo após a interrupção da energia, vendo os frangos começando a morrer, o avicultor fez contato com algumas empresas especializadas para locação emergencial de um gerador, mas sem êxito.

Os 27.500 frangos, já prontos para o abate, que seriam entregues na noite desta sexta-feira, morreram por conta do forte calor.

Uma máquina abriu uma grande vala, onde os frangos mortos foram depositados com a ajuda de amigos e voluntários que trabalharam por várias horas ininterruptas.

Desolado por conta do grande prejuízo, Manção disse que espera ser indenizado pela Copel, uma vez que não houve um aviso prévio por parte da empresa para a falta de energia. Ainda segundo o avicultor, sempre que há um comunicado de falta de energia por longo período, ele providencia a locação de um gerador.

A interrupção do fornecimento atingiu a parte da zona rural de Perobal e a cidade de Cafezal do Sul.

O espaço está aberto para a Copel se manifestar sobre o caso.

(Com informações: Brandão Júnior)

Site Portal Alto Paraíso PR