Forças de segurança começam desocupação da fazenda Lupus em Alto Paraíso


Um grande contingente, formado principalmente por policiais militares, participa, na manhã desta quinta-feira (19), do início da reintegração de posse da fazenda Lupus I, II e III, em Alto Paraíso (a 84 quilômetros de Umuarama).

Cerca de 1.200 pessoas ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) ocuparam a fazenda Lupus na manhã do dia 25 de julho. Desde então, o grupo pede a desapropriação da área, de 1.250 alqueires.

Tocada por 12 arrendatários, a fazenda foi declarada improdutiva em decisão judicial de primeira instância. O proprietário, Luiz Carlos Lobo, do grupo Nutriara (Foster), recorreu e iniciou-se a batalha jurídica.

Por vários anos, dezenas de famílias ficaram acampadas perto da propriedade. Elas integram um outro movimento, a Contag (Confederação dos Trabalhadores Rurais na Agricultura). 


Site Portal Alto Paraíso PR