Suspeitos da morte de policial militar em Altônia são encontrados carbonizados



Um Fiat Strada com dois corpos carbonizados foi localizado no limite de Altônia no início da tarde desta terça-feira (26). A suspeita é de queima de arquivo.

Um grande contigente participa da operação que tenta chegar aos autores da emboscada que matou o soldado Tiago da Slva Rego, 28, durante a madrugada.

Ele e dois outros integrantes do Batalhão de Fronteira (BPfron) foram surpreendidos pela aproximação de um veículo, que emparelhou com a viatura descaracterizada. Os criminosos efetuaram uma rajada de fuzil. Silva, que era o condutor, foi atingido na cabeça e morreu no local.

Ainda de madrugada, um Palio Weekend que também teria sido usado pelos bandidos foi encontrado incendiado na zona rural de Iporã. A polícia também localizou, em Altônia, uma caminhonete Hilux que teria auxiliado na fuga.

A Polícia Militar do Paraná decretou luto oficial de três dias.

Fonte: OBemdito

Site Portal Alto Paraíso PR