Preso em Xambrê confessa participação em assalto com refém em Umuarama



A Polícia Civil de Umuarama realizou a prisão de um dos envolvidos no assalto com refém praticado na noite de sábado (06) em Umuarama. O outro acusado de participar do crime foi morto após confronto com a Polícia Militar na madrugada de domingo (07) nas proximidades do viaduto de acesso à cidade.
Através de informações repassadas à Polícia Civil, a equipe de investigações chegou até uma residência que estaria sendo usada pelos bandidos em Xambrê. Quando os policiais entraram na casa, localizaram Daniel Carlos de Oliveira, 20 anos, dormindo. Ele apresentava vários arranhões no corpo – possivelmente provocados pela fuga em meio a um matagal – e um tiro de raspão na perna.
Na residência, que não tinha móveis, também estavam os documentos pessoais de Enedino Pereira de Souza, 22 anos, morto no confronto com a PM.
Luta corporal
De acordo com o delegado Fernando Ernandes Martins, o tiro na perna de Oliveira foi disparado por seu comparsa. A vítima, Ricardo Teixeira de Moraes, 34 anos, informou à polícia que foi rendido por dois assaltantes armados com revólveres quando chegava a sua residência, na rua Bandeirantes. Ele foi feito refém e levado junto com seu veículo Corolla.
Durante a fuga, a vítima teria entrado em luta corporal com os bandidos e conseguiu sair do carro. Antes disso, foram feitos cinco disparos dentro do veículo. Um atingiu a perna de Oliveira e outro o ombro do refém. Moraes conseguiu pedir ajuda no Posto Gauchão, na PR-323. O Corpo de Bombeiros e Samu foram acionados para prestar socorro e a PM iniciou diligências na região.
Pouco depois os policiais localizaram o veículo tomado em assalto. Ele estava batido e foi abandonado na margem da rodovia, nas proximidades do viaduto. Os PMs seguiram a busca e por volta das 5h os bombeiros foram solicitados para atender um dos suspeitos que foi baleado em confronto. Ele entrou em óbito ainda no local.
Confissão
Daniel Carlos de Oliveira foi transferido para a Delegacia de Umuarama na tarde desta segunda-feira (08). O delegado informa que ele confessou o crime e disse ter dispensado a arma de fogo utilizada. Martins explica que nenhum dos envolvidos possui participação em crimes na cidade ou na região. Oliveira é morador do bairro São Cristóvão, em Umuarama.
Ainda não há confirmação exata da cidade de residência de Enedino Pereira de Souza, que pode ser de Xambrê ou Tapejara. Nenhum familiar compareceu ao IML para reconhecer se corpo.
Fonte:OBemdito

Site Portal Alto Paraíso PR