Vítima de acidente entre Casa Branca e Alto Paraíso continua com risco de vida


Continua correndo perigo de vida uma das três vítimas que ficaram feridas em um grave acidente ocorrido no início da manhã de domingo, na PR-485, entre Alto Paraíso e o distrito de Casa Branca, em Xambrê. Antonio Baltazar está sedado e respirando com a ajuda de aparelhos. Ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Norospar, em Umuarama. 

O irmão da vítima, Pedro Baltazar, também está na UTI da Casa de Saúde, mas já respirava sozinho e estava consciente, no fim da tarde de ontem. Seu estado é considerado estável. A terceira vítima, Nilson Peracoli, já recebeu alta hospitalar. Os três eram passageiros da VW Parati, com placas de Pérola, que se envolveu em uma colisão uma caminhonete Ford Ranger, com placas de Xambrê. 

O condutor da caminhonete, um médico do Samu, não ficou ferido. Ele realizou o teste do etilômetro junto a Polícia Rodoviária Estadual de Pérola e apresentou resultado de 0,86 mg/l de álcool. O condutor foi preso em flagrante, acusado de embriaguez ao volante. O médico foi levado para a Delegacia da Polícia Civil de Xambrê e liberado após o pagamento de fiança fixada em um salário mínimo (R$ 937). 

Segundo o delegado Valdir Balan, foi instaurado inquérito para apurar as causas do acidente. Em caso de indiciamento, poderá ser a princípio por tentativa de homicídio culposo ou lesão corporal. “Na verdade vamos ter que aguardar os laudos do Instituto de Criminalística e da Polícia Rodoviária para sabermos o que realmente aconteceu”, explicou o delegado. O inquérito tem 10 dias para ser concluído.

Fonte:Ilustrado

Site Portal Alto Paraíso PR