Trio acusado de latrocínio era foragido da Casa de Custódia de Umuarama


Os trio acusado de participação no latrocínio (assalto seguido de morte) do jovem Guilherme Sela, 16, era foragido da Casa de Custódia de Umuarama. Após o crime e um acidente de trânsito, na noite de quarta-feira (4), um deles foi preso nas proximidades do parque de exposições. Matheus Gonçalves, 19, responde por homicídio durante a adolescência e nega participação.

Hugo Fernando Bahia Mussio, 18, e Artur Vinícius Ribeiro Soares, 18, estavam escondidos em um matagal e foram mortos em confronto com a polícia na manhã de quinta-feira (5). Mussio é de Sarandi e Artur Vinícius de Campo Mourão.

No início da tarde de quinta-feira (5), a polícia encontrou a casa que serviu de esconderijo. No imóvel, localizado no Jardim Petrópolis, foram localizados sete aparelhos celulares, passagens de ônibus, uma carteira de trabalho, uma faca, algumas joias e relógios, um notebook, além de drogas.

Fonte:OBemdito

Site Portal Alto Paraíso PR