Doenças decorrentes do fumo causam 22 mortes a cada dia no Paraná


Em 2014, Saúde gastou R$ 55 milhões com atendimentos por causa do tabagismo.

Segundo informações do Datasus, do Ministério da Saúde, o Paraná registra 22 mortes por dia relacionadas ao tabagismo. Ao todo, foram 8.140 óbitos em 2014, último ano com dados disponíveis, sendo as principais causas, na ordem, as doenças pulmonares obstrutivas crônicas (DOPC), câncer de pulmão, infarto agudo do miocárdio e doenças isquêmicas.

Já com relação aos atendimentos hospitalares, os números do Ministério da Saúde apontam 25.742 internações, média de 71 por dia, que custaram aproximadamente R$ 55 milhões aos cofres públicos. Os principais problemas decorrentes do tabagismo são: pneumonia, doenças isquêmicas, acidente vascular-cerebral e infarto agudo do miocárdio.

Para se chegar aos números, foram levados em consideração doenças cardiovasculares, pulmonares e cânceres, aliados aos índices de casos relacionados ao tabagismo verificados em estudos da Aliança de Controle do Tabagismo.

Em Em Curitiba, a Secretaria Municipal de Saúde mantem o Programa de Controle do Tabagismo. As pessoas interessadas em parar de fumar devem procurar informações na unidade de saúde mais perto de onde moram. Todas as 109 unidades básicas de Curitiba têm profissionais preparados para dar orientações e direcionar para as unidades próximas que estão com grupos abertos.

Fonte: Bem Paraná

Site Portal Alto Paraíso PR