Mensagens ameaçadoras não correspondem à realidade, diz delegado


As polícias Militar e Civil desenvolvem uma grande operação na tentativa de coibir a onda de ataques registrada em Umuarama nesta quinta-feira. Todos os policiais de folga foram convocados para reforçar as ações. Entre elas, revistas a suspeitos, que estão sendo fotografados.

"Está sob controle. Foram atos isolados", avalia o delegado Fernando Fernandes.

Aparentemente, não há envolvimento de nenhuma facção criminosa e os atentados teriam sido praticados por amigos do adolescente morto em confronto com policiais militares nesta madrugada. 

"A polícia já está agindo. Os áudios soam como oportunistas. Pessoas não envolvidas nos fatos estão mandando mensagens ameaçadoras que não correspondem à realidade", ressalta.

Segundo informações, a equipe de Choque da Polícia Militar de Maringá e parte do efetivo de Cruzeiro do Oeste já estão na cidade para auxiliar nas operações.

Fonte:OBemdito

Apoio:

Site Portal Alto Paraíso PR