Família de Icaraíma que doou órgãos da filha divulga campanha nacional no Faustão



A campanha nacional Setembro Verde, que incentiva a doação de órgãos, terá a participação da família da pequena Thais Emerin da Silva, que faleceu no dia 20 de setembro do ano passado aos 10 anos, vítima de aneurisma cerebral.

Os pais, a vendedora Agda da Silva Emerin e o vigilante Jucimar da Silva, doaram espontaneamente os órgãos da filha. Eles foram convidados pela Rede Globo para participar da gravação de uma reportagem e do programa Domingão do Faustão, que vai ao ar no próximo domingo (25).

“O primeiro pensamento foi ajudar outras mães a não passar pelo mesmo momento que estávamos passando. Não tínhamos mais a possibilidade de salvar a vida da Thais, mas poderíamos proporcionar esta chance a outras crianças, independente de que crianças fossem e de onde fossem”, disse Agda a Obemdito.

“Assim que a morte cerebral foi diagnosticada, a família se prontificou em doar os órgãos. A humildade do pai, que ficou desde a hora que a filha deu entrada no hospital até que todos os órgãos fossem removidos, me comoveu. Eles já inspiraram outras famílias e por isso foram escolhidos para representar a nossa central na campanha nacional”, disse a enfermeira Dorotéia Fernandes Gouveia Caetano, da Central de Transplantes do Paraná, em Maringá.

A central de Maringá atende toda a região Noroeste, com representantes em Cianorte, Umuarama, Campo Mourão e Paranavaí. “Em cada cidade desta temos uma pessoa preparada para perceber a possibilidade de morte cerebral e nos acionar”.

Thais teve os dois rins, o pâncreas e o fígado doados, ajudando a salvar cinco vidas. O coração também foi aproveitado para a retirada de válvulas, o que auxiliou outras crianças a terem uma vida melhor.

Fonte:OBemdito

Apoio:

Site Portal Alto Paraíso PR