Bancários em greve a partir de zero hora de terça-feira


Os bancários iniciaram à zero hora desta terça-feira (6), uma greve por tempo indeterminado em todo o País. A categoria reinvidica reposição da inflação do período, de 9,57%, mais 5% de aumento real, enquanto os bancos oferecem reajuste de 6,5% mais abono de R$ 3 mil.

A paralisação dos bancários deve manter fechadas a maior parte das agências. A greve do ano passado durou 21 dias, do dia 6 a 27 de outubro.

O Procon-PR alerta que nenhum prejuízo pode ser imposto aos consumidores por causa da greve. De acordo com o secretário de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior, questões entre empregados e empregadores não podem prejudicar os consumidores.

“O consumidor não pode ser prejudicado, porém é importante buscar todos os esclarecimentos a respeito dos pagamentos de faturas, para que mais tarde não venha a ter problemas com os credores”.

O órgão de defesa de consumidor orienta ainda que se algum consumidor tiver qualquer prejuízo, deve formalizar reclamação no Procon-PR, podendo também utilizar a plataforma www.consumidor. gov.br para reclamar.

Claudia Silvano, diretora do Procon-PR, esclarece ainda que cabe ao credor disponibilizar meios alternativos de pagamento para o consumidor, evitando assim a cobrança de juros ou outros encargos. É importante, todavia, lembrar que existem opções para realização de algumas transações como pagamentos, por exemplo, que podem ser feitos pela internet e em lotéricas, farmácias, mercados.

Assembleia

Os bancários de Curitiba realizaram na noite de ontem uma assembleia de mobilização e distribuição de material para a campanha de greve. Uma nova assembleia está marcada para a próxima sexta-feira para avaliar os primeiros dias do movimento.

Fonte: Bem Paraná

Apoio:


Site Portal Alto Paraíso PR