Vacinação contra febre aftosa deve imunizar mais de 4 milhões de cabeças no Paraná


Paraná inicia neste domingo (1), a primeira etapa de vacinação de bovinos e búfalos contra a febre aftosa. A expectativa do Governo do Estado é que 4 milhões e 100 mil cabeças sejam vacinadas até o dia 31 deste mês, quando termina a campanha.

Devem ser imunizados animais com até 24 meses de idade, segundo a Adapar, Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, órgão responsável pela gestão da campanha contra febre aftosa no Estado. Depois de vacinar o rebanho, é necessário comprovar a aplicação do medicamento. O criador que não comprovar vai estar sujeito à multa.

O diretor-presidente da Adapar, Inácio Kroetz, explicou sobre o que é a Febre Aftosa e o que ela pode causar nos animais. “É uma doença muito cruel para o animal. É uma doença vesicular que é de facílimo contágio. Não é só de bovinos e búfalos, mas suínos, caprinos e todos os animais que tem casco fendidos. Causa feridas na boca, ubre e principalmente no casco. O animal perde peso, pois as feridas na boca os impede de comer”, disse o diretor.

A Adapar recomenda comprar a vacina diretamente nos estabelecimentos registrados e autorizados pela Agência. O Paraná detém o status internacional de Livre de Febre Aftosa Com Vacinação e está há 10 anos sem registro da doença no território, assim como também não há registro de febre aftosa nas Américas desde 03 de janeiro de 2012.

Fonte:G1

Apoio:

Site Portal Alto Paraíso PR