Polícia e Bombeiros fazem buscas por jovem desaparecido


A página no Facebook de Gabriel Neto é cheia de mensagens de esperança e religiosidade. As fotos mostram um rapaz feliz e saudável. Segundo o pai, Gerson Gabriel. “Ele é um garoto com 1,80 de altura, mulato, magro, mas está muito abatido, pois não estava se alimentando direito há algumas semanas”. Este relato do pai de Gabriel foi feito depois de buscas iniciais feitas na tarde de quarta-feira, 6, nos fundos do Conjunto 1º de Maio. Pela manhã a irmã de Gabriel foi até a Delegacia de Polícia pedir ajuda aos investigadores. Segundo a jovem (que preferiu não ser identificada), o irmão havia sido ameaçado. 

Por conta disso, ele poderia ter sido morto ou escondido, numa mata nos fundos do bairro. Gabriel saiu de casa na madrugada de 1º de abril, depois retornou apenas na madrugada seguinte e no domingo saiu novamente da casa em que morava com a família, na rua Dos Vigilantes. Até o final da tarde de ontem ele ainda não havia sido localizado e nem dado notícias de seu paradeiro. 

O pai revelou também que o filho, de 20 anos, é usuário de drogas e ainda apresentava comportamento estranho nos dias que antecederam seu desaparecimento. “Ele usava maconha há algum tempo e estava apresentando um comportamento diferente. Acredito que ele tenha sofrido um surto psicótico e por isso deve estar perdido”, acredita Gerson. Investigadores e bombeiros de Umuarama foram até a mata, nos fundos do bairro, por onde também passa um córrego. 

“Recebemos o comunicado do delegado de polícia Ângelo Colombo, solicitando que fizéssemos buscas a esse rapaz, pois existiam indícios de um local onde já aconteceram desovas de cadáveres e assassinatos. Por isso agimos com uma busca efetiva por aqui, e descartamos o local”, relatou o Felipe Pacheco, aspirante do Corpo de Bombeiros de Umuarama, lembrando que nenhum indício de que o jovem estaria escondido, ou morto naquele ponto. 

A família pede ajuda da comunidade, que procure as polícias civil e militar, caso obtiver alguma informação sobre o paradeiro do jovem.

Fonte: Tribuna Hoje

Site Portal Alto Paraíso PR