Projeto de Lei que proíbe festas Open Bar e Rave gera polêmica


Deverá entrar em discussão hoje (28), na Câmara Municipal de Umuarama o Projeto de Lei que prevê a proibição de festas “open bar” (que distribuem bebidas gratuitamente) e festas rave.

De acordo com o vereador Washington Guirão, o intuito é diminuir a criminalidade, principalmente homicídios, tráfico de drogas e apreensão de menores que frequentam as festas. “Eu recebo inúmeros pais que pedem para que essas festas acabem, pois os filhos mentem que irão dormir na casa de amigos e acabam indo para estas festas. Acredito também que os Universitários estão aqui para estudar”, afirmou o vereador.

Na sessão de hoje estarão presentes o Tenente Namur da Polícia Militar e também o Promotor Moreno, ambos falarão na tribuna sobre este assunto e os problemas causados por festas Open Bar.

A repercussão foi imediata nas redes sociais, alguns internautas chegaram a dizer que o Projeto de Lei está indo contra a democracia, outros afirmaram que com isso muitas pessoas ficaram desempregadas, pois vivem da realização destas festas. Grande parte da população acredita que a lei será mais uma dentre tantas outras que não são fiscalizadas no município.

A diretoria da Atlética de Direito, entrou em contato com a nossa equipe de reportagem e disse que cerca de 400 universitários estarão presentes na sessão da Câmara, para pressionar que não haja aprovação do projeto de lei.

“Nós universitários já gastamos muito com moradia, alimentação e universidade, nós estudamos e muito, não entendemos o motivo dessa proibição. O dinheiro arrecadado é para levar os universitários para jogos e garantir que tenham participação de diversas modalidades que incluem na vida acadêmica”, afirmou um dos membros da diretoria. 

Fonte: Portal da Cidade Umuarama

Site Portal Alto Paraíso PR