CPI dos Terrenos de Umuarama vê fraudes em doações a empresários



A Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) formada para investigar a doação irregular de terrenos públicos a empresários em Umuarama, no noroeste do Paraná, diz ter encontrado fraudes em algumas concessões.

As investigações começaram depois da prisão do ex-vereador Hemerson Yokota (PR), suspeito de cobrar propina para aprovar os projetos.

Os vereadores integrantes da CPI se diviram em dois grupos e visitaram 22 empresas envolvidas nas denúncias. Em algumas delas, foram encontrados barracões vazios - o que é irregular, já que as empresas têm que comprovar geração de empregos e renda, por exemplo, para receber o terreno.

Em outros locais, os vereadores encontraram empresas que estão ocupando apenas metade ou uma parte do terreno ou que não têm gerado emprego.

Esta é a primeira semana de trabalho da CPI, que deve durar seis meses. Nos próximos dias, os empresários devem ser ouvidos pela comissão.

Fonte: G1

Site Portal Alto Paraíso PR