Temporal atinge Marechal Cândido Rondon




O temporal deixou um rastro de destruição em Marechal Cândido Rondon, na tarde desta quinta-feira (19). Três pessoas precisaram de atendimento médico. Por toda a cidade há placas caídas, ruas interditadas e o número incontável de árvores no meio da pista. Muitas ruas no perímetro urbano estão obstruídas. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, na BR 163 dois trechos estão interditados. Até mesmo um caminhão tombou com a força do vento. Postes também foram derrubados, diversos estabelecimentos comerciais e casas foram destelhadas. A cobertura do posto de combustível ficou arrasada. Uma igreja destruída. 

A prefeitura e o Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon fazem levantamento para saber quantas famílias estão desabrigadas. Os números ainda não são oficiais, mas boa parte da cidade foi atingida. A região mais afetada é a Vila Gaúcha até o portal da cidade. Por onde se olha há danos causados pelo vento forte. 

A Copel, a Defesa Civil de Marechal e de Toledo foram acionados para ajudar. O Corpo de Bombeiros de Toledo também está prestando apoio à cidade atingida. O helicóptero do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), também sobrevoa a região, para encontrar possíveis vítimas. A cidade está sem energia elétrica. Muitos moradores registraram o momento em que a nuvem se formava e compartilharam vídeos pela internet. 

De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar (SIMEPAR), a nuvem filmada por moradores de Marechal é conhecida como "Shelf Cloud" , o termo em inglês significa nuvem prateleira. A nuvem se forma associada à chegada de uma frente fria e à presença de ar quente e úmido, justamente cenário em que se encontra a região oeste do Paraná. 

Apesar dos relatos, ainda não foi confirmado que o fenômeno trata-se de um tornado, já que a Shelf Cloud é conhecida também por causar outro tipo de ventania, chamada pelos metereologistas como "Down Burf", também capaz de causar destruição. Além disso, a formação da nuvem está diretamente ligada ao fenômeno El niño, que neste ano apresenta grande intensidade e interferência no clima brasileiro. 

O alerta para tempestades como a de Marechal Cândido Rondon continua em todo estado não só hoje, mas também durante a primavera e o verão. Já está sendo feita a distribuição de lona. Quem precisar do material pode buscar a lona no quartel do Corpo de Bombeiros, na Rua Pernambuco, 680, Centro de Marechal. 

Os bombeiros também pedem a colaboração da população, que não foi atingida pelo temporal e não precisar de atendimento dos socorristas, para que não liguem para o telefone dos bombeiros, para não atrapalhar o trabalho de auxílio às vítimas.

Fonte: Catve

Site Portal Alto Paraíso PR