Sobe para quase 10 mil o número de pessoas atingidas pela chuva no PR




O número de pessoas prejudicadas pela chuva que cai desde quinta-feira (8) no Paraná subiu para 9.808, segundo o último boletim da Defesa Civil divulgado às 15h desta sexta-feira (9).

Quinze municípios foram atingidos, e 2.336 casas foram danificadas pela força do vento e a queda de granizo.

Conforme a Defesa Civil, a cidade mais prejudicada foi Ipiranga, na região dos Campos Gerais do estado.

Do total de atingidos no estado, 7.145 pessoas são de Ipiranga. Somente no município, 1.780 casas foram destelhadas, e 25 pessoas ficaram feridas ao sofrerem quedas dos telhados durante os reparos.

A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) já está recebendo donativos para os prejudicados pelo temporal de quinta-feira em Ipiranga. Podem ser doados telhas, lonas, colchões, alimentos e roupas.

As doações podem ser entregues na sede da AMCG, em Ponta Grossa, na Rua Ataulfo Alves, 351, no Jardim América. Nas demais cidades que pertencem à AMCG, os donativos podem ser levados às sedes das prefeituras.

Em Toledo, na região oeste, o temporal que chegou no final da tarde de quinta-feira deixou aproximadamente três mil residências sem energia por cerca de três horas, conforme a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel).

Já em Umuarama, no noroeste do estado, a chuva deixou mais de 4 mil casas sem energia elétrica nesta sexta, de acordo com a Copel.

O risco de temporais permanece alto no estado nesta sexta, segundo o Instituto Meteorológico do Paraná (Simepar). A frente fria mantém o tempo bastante instável e deve chover em todas as regiões. A chuva também está prevista para o fim de semana e para o feriado (12) em quase todo o Paraná.

Veja a situação dos municípios prejudicados pela chuva:
Borrazópolis – 1.000 pessoas atingidas – 200 casas danificadas
Cambé – 40 pessoas e 10 casas
Cascavel – 480 pessoas e 85 casas
Dois Vizinhos – 250 pessoas e 50 casas
Guarapuava – 25 pessoas e 5 casas
Ipiranga – 7.145 pessoas, 25 feridos e 1.780 casas
Irati – 60 pessoas e 22 casas
Juranda – 80 pessoas e 20 casas
Kaloré – 64 pessoas e 16 casas
Reserva do Iguaçu – 250 pessoas e 50 casas
Rio Negro – 104 pessoas e 26 casas
São José das Palmeiras – 300 pessoas e 70 casas
Toledo – 10 pessoas e 2 casas
Ouro Verde do Oeste – sem registros contabilizados
Pato Branco – sem registros contabilizados

Fonte: G1 Paraná

Site Portal Alto Paraíso PR