Ruas de Umuarama contarão com sistema de monitoramento por radar


A pesar da nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada no dia 19 de junho, permitindo que qualquer município do Brasil utilize videomonitoramento para punir os infratores, a Divisão Municipal de Trânsito (Umutrans), esclarece que a medida ainda está sendo desenvolvida no município e que, principalmente, as pessoas não confundam esta fiscalização com a comumente feita por meio de radares, que também está em fase de implantação em Umuarama.

O diretor da Umutrans, Elizeu Vital da Silva, informou que a divisão de trânsito aguarda apenas a confecção e a instalação de placas informativas sobre este critério de fiscalização, para que a medida do Contran passe a ser seguida pelos agentes de trânsito do município. “Além disso, na central teremos um agente de trânsito acompanhando as possíveis irregularidades em tempo real”, comentou.

Por enquanto, o monitoramento acontece apenas com o agente em patrulhamento, que por sua vez, multa in loco. São 10 câmeras e, boa parte delas, instaladas em pontos onde muitas vezes o trânsito se torna caótico em razão de abusos. Esse é o caso da avenida Maringá, nas proximidades da Universidade Paranaense (Unipar), região conhecida pelo grande número de bares. “As câmeras têm uma ótima aproximação e resolução, então, poderemos visualizar o motorista sem cinto, usando o celular, carros em fila dupla ou estacionados irregularmente, e algumas operações ou conversões erradas”, alertou o diretor.

RADARES

Sobre os radares, apesar de análises de pedidos de impugnações e esclarecimentos do edital de licitação e compras para implantação do serviço, entre outras questões jurídicas, Vital acredita que o andamento do procedimento deve continuar e que em breve o sistema esteja em funcionamento. “Têm questões técnicas e jurídicas que impediram a conclusão até agora, mas, essa parte está a cargo do departamento jurídico da Prefeitura”, explicou Vital.

A assessoria de Comunicação Social da Prefeitura informou que o secretário municipal Marcelo Gomes do Vale, procurador de assuntos jurídicos, está viajando e somente ele poderá dar mais detalhes do andamento do processo licitatório.

Consta no documento inicial para contratação de empresa para a prestação de serviços de locação, implantação ou instalação e manutenção de sistemas e equipamentos para fiscalização eletrônica de trânsito, a colocação de radares fixos (fiscalização da velocidade), de monitoramento de avanço de sinal e parada sobre a faixa de pedestre e, ainda, uma lombada eletrônica (fiscalização da velocidade) e o fomento de uma central de processamento e operação. “Esses equipamentos serão instalados em pontos estratégicos, onde há a necessidade e abusos, e também teremos um radar móvel para operações especiais, aleatórias”, comentou o diretor.

Ele também informou que o limite de velocidade na área urbana estará restrito aos 50 quilômetros.

Localização que terão radar:

Av. Brasil cruzamento com Av. Florida

Av. Manaus cruzamento com Av. Presidente Castelo Branco

Av. Tiradentes cruzamento com Av. Presidente Castelo Branco

Av. Dr. Ângelo Moreira da Fonseca, 2300 Sentido Norte/Sul – Sul/Norte

Av. Brasil, 2435 Sentido Norte/Sul – Sul/Norte

Av. Brasil, 3629 Sentido Norte/Sul – Sul/Norte

Av. Maringá, 4685 Sentido Leste/Oeste – Oeste/Leste

Av. Presidente Castelo Branco, 5320 Sentido Leste/Oeste – Oeste/Leste

Av. Tiradentes, 2040 Sentido Norte/Sul – Sul/Norte

Av. Portugal – Sentido Leste/Oeste 

Rua Dr. Camargo, 4820 Sentido Oeste/Leste

Fonte: Tribuna Hoje

Site Portal Alto Paraíso PR